O que faz e quanto ganha um Técnico do Seguro Social do INSS

Cursos para Concurso TJ-MG 2017
Cursos para Concurso TRE RJ

Finalmente foi publicado o edital do concurso do INSS 2016!

Mas você que vai prestar o próximo concurso do INSS, sabe o que faz, quanto ganha, quais são os benefícios e as vantagens da carreira de Técnico do Seguro Social?

Neste artigo você vai aprender mais sobre o dia a dia, a remuneração, a jornada de trabalho e os benefícios do cargo.

Ao final, vou dar duas dicas que vão te ajudar na preparação para o próximo concurso.

Receba notícias sobre o próximo concurso do INSS (É Grátis):

Atribuições

Cabe ao Técnico do Seguro Social proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados pelo INSS; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais do INSS, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

Técnico do Seguro SocialNa prática, você será o servidor responsável por atender, orientar, esclarecer dúvidas, agendar perícias e dar andamento aos pedidos dos segurados da Previdência Social nas agências do INSS.

Além disso, você também vai prestar suporte e apoio técnico em atividades internas, promovendo a analise e o andamento dos pedidos de concessão e revisão de benefícios, processos e recursos administrativos.

Dessa forma, é preciso ter perfil para exercer o cargo, pois o Técnico do Seguro Social é o primeiro a ter contato com o segurado que procura uma agência do INSS muitas vezes em situação de vulnerabilidade.

Quando alguém procura a Previdência Social, é porque está em busca de benefícios ou serviços ligados à subsistência própria ou de seus dependentes, como aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-acidente, pensão por morte etc…

Assim, é importante que você atenda à expectativa do cidadão prestando um atendimento com cortesia, respeito e eficiência.

Requisitos para ingresso no cargo

Para se tornar um Técnico do Seguro Social, você vai precisar de:

  • certificado de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau), ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC.
  • ser brasileiro ou gozar das prerrogativas previstas no artigo 12 da Constituição Federal;
  • encontrar-se no pleno exercício de seus direitos civis e políticos;
  • comprovação de idade mínima de 18 anos;
  • prova de quitação com as obrigações eleitorais;
  • prova de quitação com as obrigações militares, se do sexo masculino;
  • ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

Concurso para ingresso no cargo

O último concurso para Técnico do Seguro Social foi realizado em 2011 e organizado pela FCC.

Clique aqui para baixar o último edital.

Na oportunidade, houve apenas prova objetiva, com 60 questões de múltipla escolha, em que foram exigidas as seguintes disciplinas:

Conhecimentos Gerais: 20 questões

  • Ética no Serviço Público
  • Regime Jurídico (Lei 8.112/90)
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo
  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Noções de Informática

Conhecimentos Específicos sobre a Seguridade Social: 40 questões

As Provas Objetivas tiveram caráter eliminatório e classificatório, sendo considerados eliminados os candidatos que não obtiveram, no mínimo, cumulativamente:

  • 30% de acertos na prova de conhecimentos gerais;
  • 30% de acertos na prova de conhecimentos específicos;
  • 40% de acertos no total de ambas as provas.

Concurso do INSS 2016!

Em 23 de dezembro de 2015 foi publicado o edital do concurso para 800 vagas no cargo de Técnico do Seguro Social.

O Cespe/UnB foi a organizadora responsável pelo certame.

Acesse o edital do último concurso do INSS!

Prepare-se com o melhor material para o Concurso do INSS (472 alunos nomeados no concurso de 2012):

Cursos Online para Técnico do Seguro Social – Teoria + Questões Anteriores Comentadas – Atualizados de acordo com o novo edital – Focados na Banca Cespe/Unb – Pacote Completo ou Disciplinas Isoladas

GARANTIA DE SATISFAÇÃO OU O DINHEIRO DE VOLTA: Você tem até 30 dias para testar o material. Caso não fique satisfeito, você poderá solicitar a devolução do valor pago.

Depoimento de aprovado no INSS

Assista ao depoimento de Renner Teles, aprovado no último concurso do INSS.

Carreira

Regida pela Lei nº 10.355/2011 – a carreira de Técnico do Seguro Social é divida em classes A, B, C e Especial.

A classe A é dividida em 5 padrões.  As classes B, C e Especial são divididas em 4 padrões.

O ingresso na carreira ocorre na classe A, padrão I. Você vai avançando até atingir o padrão final ser promovido para a classe seguinte. Ao final da carreira, você estará na classe Especial, padrão IV.

O desenvolvimento do servidor na Carreira Previdenciária ocorrerá mediante:

  • Progressão funcional: é a passagem do servidor para o padrão de vencimento imediatamente superior dentro de uma mesma classe
  • Promoção: passagem do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro da classe imediatamente superior.progressão funcional e promoção.

Clique sobre a imagem para acessar o valor dos padrões até o final da carreira:

 Salário - Técnico do Seguro Social

Remuneração inicial e benefícios

A remuneração inicial bruta do Técnico do Seguro Social, Classe A, padrão I é de R$ 4.027,87.

Além disso, há o auxílio-alimentação (pago em dinheiro) no valor de R$ 373,00, vale-transporte e plano de saúde (opcional).

A remuneração é composta da seguinte forma:

  • Vencimento básico: R$ 601,49
  • GAE – Gratificação de Atividade Executiva – 160 % sobre o vencimento básico: R$ 962,38
  • GDASS –80 Pontos*: R$ 2464,00

Total: R$ 4027,87 + auxílio-alimentação de R$ 373 = R$ 4400,87

*GDASS = Gratificação de Desempenho de Atividade do Seguro Social. A remuneração varia conforme nota obtida na avaliação de desempenho, dividida da seguinte forma::

  • 80 pontos (avaliação de desempenho institucional)
  • 20 pontos (avaliação de desempenho individual): 

De início, até que seja processada a primeira avaliação de desempenho individual, o servidor recém nomeado receberá a GDASS no valor de 80 pontos.

Após esse período, o servidor passa por avaliação de desempenho individual no valor de 20 pontos.

Obtendo a nota total de 100 pontos nas avaliações, o salário bruto passa para R$ 4.643.87.

Alguns Técnicos do Seguro Social que atuam no atendimento nas Agências da Previdência Social têm direito a adicional de insalubridade, que corresponde a 10% do vencimento básico.

Ao final da carreira, você estará na Classe Especial, padrão IV, que hoje tem uma remuneração bruta de R$ 7.758,47.

Jornada de trabalho

Agência da Previdência SocialA regra geral da jornada de trabalho para os servidores do INSS é de 40 horas semanais.

Ocorre que você, como Técnico do Seguro Social, poderá atuar no atendimento ao público nas Agências da Previdência Social que possuem turno estendido.

Assim, você poderá optar por cumprir uma jornada de 30 horas semanais já que, por força do artigo 6º, §2º da Resolução nº 177/2012, ficam os servidores que atuam nas Agências da Previdência Social autorizados a cumprir turno de trabalho de 6 horas diárias, dispensado o intervalo para refeições e sem redução da remuneração.

Nesse caso, você poderá trabalhar das 07:00 às 13:00 ou das 13:00 às 19:00 horas.

Acesse a Resolução 177/2012 que trata sobre a jornada de trabalho no INSS.

Dica Final:

Para finalizar, sugiro a vocês que acessem os sites de dois dos maiores professores e autores da área de Direito Previdenciário. Estou falando do Prof. Hugo Góes e do Prof. Frederico Amado.

Você vai encontrar dicas de preparação, material gratuito, questões de concurso e muito mais. Vale a pena conferir.

Seguem os links:

http://www.fredericoamado.com.br/

http://www.hugogoes.com.br/

Receba notícias sobre o próximo concurso do INSS (É Grátis):

Leia também:

Pacote de provas anteriores para o cargo de Técnico do Seguro Social

Análise da prova do último concurso do INSS (Disciplinas exigidas, número de questões por matérias etc..)

O que faz e quanto ganha um Técnico do Seguro Social do INSS
5 (100%) 1 vote

90 Comentários


  1. mas quem trabalha 30hrs recebe menos do que qm trabalha 40hrs,ou n?

    Responder

    1. Alex, você poderá optar por cumprir uma jornada de 30 horas semanais já que, por força do artigo 6º, §2º da Resolução nº 177/2012, ficam os servidores que atuam nas Agências da Previdência Social autorizados a cumprir turno de trabalho de 6 horas diárias, dispensado o intervalo para refeições e sem redução da remuneração.

      Responder

    1. Sei que de acordo com resolução não há redução da remuneração, mas na imagem do plano da carreira essa redução é evidente. ?..

      Responder

  2. Sou estudante de engenharia civil, mas quero fazer este concurso para técnico do seguro social, após me formar em engenharia civil, tem como ser analista previdencia com esta formação sem precisar fazer outro concurso? Ou mesmo já lá dentro trabalhando serei obrigado a fazer outro concurso para ser engenheiro civil do inss? Aguardo resposta e muito obrigado.

    Responder

    1. Olá João,

      Se você passar para Técnico do Seguro Social, que é um cargo que exige apenas nível médio, terá que prestar outro concurso caso queira se tornar Analista do Seguro Social ou Engenheiro Civil do INSS, que são cargos que exigem nível superior.

      O STF declarou inconstitucional o instituto da ascensão, pelo qual você obtinha uma graduação e prestava um concurso interno para mudar de cargo. Hoje você precisará prestar outro concurso e concorrer normalmente com todos os outros candidatos que não trabalham no INSS.

      Abraço,

      Guilherme Machado

      Responder

  3. Texto muito explicativo, obrigado. Gostaria de saber se essa possibilidade de redução do horário para as 6 horas diárias pode ocorrer em todos os estados do Brasil e se há requisitos para que se possa adquirir essa redução.

    Responder

    1. Rômulo,

      Conforme o art. 6º, §2º da Resolução 177/2012, a jornada reduzida poderá ocorrer em qualquer localidade, mas desde que tenha uma agência que preste atendimento ao público em turno estendido. Para um agência do INSS adquirir o direito à redução, é necessário parecer
      favorável do Superintendente-Regional. Uma vez autorizada, o servidor poderá fazer a opção mediante requerimento administrativo.

      Responder

  4. Adorei o texto muito bem explicado.
    Tenho uma dúvida. Se não houver a possibilidade da diminuição da carga horária para 6 horas, de quanto será a carga horária?

    Responder

  5. Muito boa sua explicação, estou começando a estuda agora só que 24hs por dia, qual sua dica para uma melhor compreensão do material.

    Responder

  6. Tem agencias em sp capital que tem turno estendido ? Há redução de remuneração para quem optar por 6 horas diárias ou invés de 8 horas diárias

    Concurso técnico do seguro social

    Att

    Fernanda
    São Paulo -Capital

    Responder

    1. Olá Fernanda,

      Há agências de turno estendido na capital paulista e não há redução de remuneração para quem optar por 6 horas.

      Abraço,

      Guilherme Machado

      Responder

  7. Oi td bem sabe me dizer se aqui em São Paulo sp zn sul em agência de turno estendido obg

    Responder

    1. Olá Silmar,

      Os requisitos para ingresso no cargo de Técnico do Seguro Social são:

      – certificado de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau), ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC.
      – ser brasileiro ou gozar das prerrogativas previstas no artigo 12 da Constituição Federal;
      – encontrar-se no pleno exercício de seus direitos civis e políticos;
      – comprovação de idade mínima de 18 anos;
      – prova de quitação com as obrigações eleitorais;
      – prova de quitação com as obrigações militares, se do sexo masculino;
      ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

      Att,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  8. Gostaria de saber, se posso realizar este concurso concorrendo as vagas especiai (cotas).
    Pois sofri um acidente automobilístico, e perdi 25% do tornozelo direito.

    Responder

  9. ADOREI este artigo! Super completo e muito eficiente! Competência é o sobrenome do autor deste artigo!
    Abs

    Responder

    1. Olá Lusa,

      Agradeço muito pelos elogios. Continue nos acompanhando!

      Abraço,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  10. Essas atribuições parecem a de um assistente administrativo, pra mim 4.500,00 para um assistente adm é muito dinheiro. O salário de 2.000,00 ja estaria de ótimo tamanho, fora que é concursado e tem muitas vantagens de um servidor público. Porque não pegam o salário de um policial militar, que é entre 1.500 e 2.000 em sp e rio e colocam como salário dos tecnicos? Porque a PM e GCM que ficam na mira de balas durante o dia e noite não podem receber no minimo esses 4.500, 00 com benefícios? Ou quem sabe um professor, que recebe em sp aproximadamente 2.000,00 pra 8h semanais, fora preparar aulas, corrigir toneladas de provas, encarar a violência dentro da escola, etc? Porque não investem esse salário em mais psicólogos, que tem um importante papel nas áreas social, saúde, jurídica, organizacional, escolar, entre outras, que promovem saúde mental, qualidade nas relações humanas, qualidade no ensino, resiliência humana, etc? Ou quem sabe investir em outros profissionais de saude como Terapeutas ocupacionais, fonos, quem assim como o psicologo nem piso salarial tem parece….? Porque não investem esse salario em técnicos de enfermagem que tem que lidar com a vida das pessoas também? Enfim, porque essa discrepância?

    Responder

    1. Já fui servidor e por não compensar, hoje sou contadora autônoma. Mas o pior, é estar na boca do povo, tendo o trabalho realizado, às vezes em condições precárias, menosprezado.
      Não é tão simples ficar na linha de frente negando benefícios para uma população que não entende que a culpa é do sistema… e experimente ler a legislação previdenciária, extremamente complexa. É ela que você tem que saber minuciosamente, mesmo sendo ocupante de uma cargo de nível médio sem formação em direito. Isso sem falar em metas !! Além de que, da mesma forma que um professor, que um enfermeiro, trabalhamos com a vida das pessoas…e sim, nos colocamos em situação de risco !
      Com relação à vantagens de ser servidor, elas são ilusórias. Não se tem FGTS, se paga um percentual maior de previdência e a tal estabilidade é ilusória. Você pode sim ser demitido por uma série de razões simples.
      Lucas, você acha justo o que ganham os ocupantes de cargos em comissão ? O que ganham os políticos e assessores ? Se não concorda, vote melhor !

      Responder

    2. Porque o técnico do seguro é um servidor público federal e geralmente(99% das vezes)concurso federal paga melhor que um estadual(PM,professor ensino médio etc).Um policial federal ganha muito mais que um PM,um professor federal,muito mais que um de ensino médio estadual e por aí vai.Além do que a categoria conta com plano de cargos e carreiras estruturado e ser o pilar da (malgrada)política de seguridade social do governo.Se os outros ganham menos,não é problema do técnico,não nivele por baixo,não inverta os valores.

      Responder

  11. Olá, tenho 17 anos, vou completar 18 em 2016, é possível eu fazer o concurso se quando assumir a vaga eu já tiver completado a maioridade?

    Responder

    1. Olá Talita,

      Você pode fazer o concurso sem problemas. Até sair o edital, provas, resultado e você ser nomeada e tomar posse, certamente já terá completado 18 anos. O importante, neste concurso, é que você tenha completado de 18 anos na data da posse.

      Responder

  12. Gostaria de saber quando nos aposentarmos qual sera a valor equivalente ao pagamento mensal..desde ja grato.

    Responder

  13. Olá Guilherme, gostaria de saber à respeito do local da aplicação das provas, elas serão aplicadas somente nas capitais?

    Responder

    1. Olá Camila,

      Geralmente o edital do concurso do INSS especifica as cidades de aplicação das provas.

      No edital do último concurso foi assim: “A aplicação das Provas Objetivas para o cargo de Perito Médico Previdenciário está prevista para o dia 12/02/2012, no período da manhã e para o cargo Técnico do Seguro Social, no período da tarde, nas cidades constantes do Anexo I deste Edital.”

      Caso queira ver a lista de cidades onde as provas foram aplicadas, acesse este link: http://www.concursosfcc.com.br/concursos/inssd111/edital_16_12_dou.pdf

      A lista está no final do edital (Anexo I)

      Abraço,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  14. olá tenho 24 anos e estou me preparando para fazer o curso.. tenho uma duvida /pela minha idade eu posso fazer ?

    Responder

    1. Olá Taiane,

      Para concorrer ao cargo de Técnico do Seguro Social, basta que você tenha 18 anos.

      Abraço,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC – Quero Passar em Concursos

      Responder

  15. Você saberia me dizer se serão abertas vagas para o RS neste concurso de 2015?
    Obrigada!

    Responder

  16. Olá, estou no 4º período de Direito, estou me preparando para o concurso, e estou estudando Direito previdenciário na faculdade; Diante de todas as matérias exigidas, você sabe me responder qual o conteúdo mais cobrado?

    Responder

    1. Olá Priscilla,

      O ideal é que você estude todo o conteúdo programático de Direito Previdenciário previsto no edital do concurso do INSS. Se você focar apenas em determinados assuntos, corre o risco de cair na prova justamente aquilo que você não estudou.

      Abraço,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  17. GOSTARIA DE SABER SE DA PARA FAZER AS DUAS PROVA DE ANALISTA E DE TECNICO DO INSS

    Responder

    1. Olá Sérgio,

      Você poderá fazer as duas provas se elas forem aplicadas em período diferente. Geralmente as provas para nível médio são aplicadas no período da manhã e para nível superior no período da tarde, mas só dá para ter certeza com a publicação do edital.

      Att,

      Guilherme Machado
      Editor do QPC – http://queropassaremconcursos.com.br/

      Responder

  18. Olá, gostaria de saber se caso eu tenha ensino superior ou mestrado entra como gratificação no salário. No caso, se uma graduação ou pós aumenta a remuneração.
    E meus sinceros parabéns pelo blog!
    Agradeço desde já.

    Responder

  19. A maioria dos e das servidoras do INSS, foram admitidos por indicação política (estagios indicados pelos inquilinos da vez, na administração pública – os políticos. Agora os abnegados amantes do dinheiro dos impostos, estão em greve porque, com ensino fundamental e médio, só ganham de 5 a 8 mil reais por mes. Gentinha difícil.

    Responder

  20. Enquanto isto, milhões estão perdendo o enprego, a renda suada e modesta a partir de 700 reais. E pagam impostos para garantir o poder corporativo das infinitas turmas do andar de cima. Nos tempos da casa grande e da censala, a injustiça não era pior. E tem mais: enfermos, necessitados e outros milhares de contribuintes credores dos benebícios da Previdência Social, são vítimas do abandono e do deboche, penando mais que cachorro sem dono. A vida no planeta vai ser extinta pelo poder das bordoadas corporativas. A começar pelas mais elevadas instâncias do poder, trocando gentilezas , em troca de nenhum ou menos tempo de cadeia.

    Responder

    1. Olá Carmem,

      Só não poderá se a aposentadoria no Estado tiver sido compulsória, em razão da idade máxima.

      Nos demais casos não há problema.

      Abraço!

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC – Quero Passar em Concursos

      Responder

  21. quem pode explicar qual a diferença entre técnico previdenciario e técnico do seguro social ?

    Responder

    1. O cargo mudou de nome. Antes era Técnico previdenciário e agora é técnico do seguro social.

      Responder

  22. Alguém sabe me dizer se aprovado em cargo de nível médio que já possua nível superior recebe algum adicional?
    Obrigado

    Responder

  23. Bom lembrar que é muito difícil que alguém não consiga a nota máxima na avaliação da GDASS. Com isso, tudo o que o servidor deixou de receber antes de ser avaliado será pago retroativamente e de uma vez só. É como se o servidor já entrasse fazendo uma poupança forçada que será disponibilizada depois de alguns meses. O salário bruto deve ficar na faixa de R$5.500,00 atualmente, já incluindo o auxílio-alimentação. Há várias funções gratificadas que o servidor pode exercer, como a de gestor de APS e a de chefe de benefícios. É uma boa carreira de nível médio, apesar de todos as melhorias que são necessárias. O servidor do INSS exerce uma atividade extremamente relevante, de impacto direto principalmente na vida de pessoas carentes. Dessa forma, é muito gratificante ser Técnico do Seguro Social.

    Responder

  24. bom dia,quem já tem nivel superior e passar pra técnico ganha algum adicional? já que o cargo é pra nível médio?

    Responder

  25. Olá eu estou fazendo pedagogia e quero fazer a prova para tecnico mais la diz que preciso do meu certificado de conclusao do ensino medio e eu nao tenho. tem como eu fazer sem apresentar o meu certificado

    Responder

    1. Olá Raimunda,

      Você pode fazer a prova sem problema nenhum. O certificado só será exigido quando você for nomeada.

      Att,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC – Quero Passar em Concursos

      Responder

  26. Prezados, boa tarde! Poderiam fazer um artigo sobre prazos e próximo concurso de analista do seguro social especialidade Direito. Sabemos que o último foi realizado em 2014.

    Responder

    1. Olá Juliana,

      Agradeço pela sugestão! Vamos pensar nisso sim!

      Abraço,

      Guilherme Machado – Editor do Blog QPC

      Responder

  27. O QUE SERIA ESSE CURSO DE TECNICO EQUIVALENTE, PORQUE TENHO O ENSINO MEDIO, ENTAO TENHO QUE TER ESPECIALIZAÇAO.

    Responder

    1. Olá Maria do Carmo,

      O cargo de Técnico do Seguro Social exige apenas ensino médio, mas quem fez curso técnico também poderá se inscrever.

      Abraço!

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC – Quero Passar em Concursos

      Responder

  28. Olá,

    Gostaria de saber se posso fazer inscrição para analista e técnico no concurso do INSS 2016?
    Já que as provas são em horários diferentes

    Agradeço desde já

    Responder

    1. Olá Mariana,

      salvo previsão em contrário no edital do concurso, se as provas forem em horários diferentes, você pode fazer inscrição para os dois cargos.

      Abraço!

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC – Quero Passar em Concursos

      Responder

  29. caso candidato com deficiencia for aprovado qual a função podera exercer desde já obrigado

    Responder

    1. Olá Luiz,

      O candidato portador de necessidades especiais será lotado em unidades em que haja funções compatíveis com suas necessidades.

      Att,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  30. Vou fazer o concurso para técnico do seguro social. Fiz 18 anos e nunca votei. Isso irá me prejudicar se caso eu passar ?
    Aguardo a resposta.
    Grata !

    Responder

    1. Prezada Maria Izabela,

      Para os que têm entre 16 e 18 anos, o voto é facultativo. Dessa forma, você não terá nenhum prejuízo no concurso do INSS.

      Att,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  31. Boa noite fiz a inscrição com meu nome de solteira, eu sou casada porém não mudei no meu documento ainda, caso eu venha a mudar agora poderá dar algum problema?

    Responder

    1. Olá Francine,

      Salvo melhor juízo, penso que no momento da inscrição você deve utilizar o nome que consta no documento. Então não haveria problema em caso de alterações posteriores.

      Att,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  32. Há algum tipo de gratificação por formação? ou alguém com ensino médio e alguém com doutorado receberão a mesma remuneração?

    Responder

    1. Prezado Lorenzzo,

      Até a presente data não há previsão na Lei 10.855/2004, que rege a Carreira do Seguro Social, do chamado Adicional de Qualificação.

      No entanto, já há discussões nesse sentido, conforme proposta da Associação Nacional dos Servidores da Previdência Social, que você pode conferir neste link: http://www.anasps.org.br/rh/proposta_cgnad_inss_2014.html

      Abraço!

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  33. Depois de aprovado, antes de começar a trabalhar efetivamente como técnico no inss, o candidato aprovado fará algum curso de aperfeiçoamento ou algo assim?

    Responder

  34. Olá. Esclarescedor seu artigo.

    Sane algumas dúvidas ainda restantes por gentileza.
    Na hipótese de um Técnico fazer uma graduação, terá direito, a gratificação por título adquirido?

    E no caso de ser estudante, terá direito, de sair mais cedo, pois por lei é garantido 6 horas semanais ao servidor?

    Na lógica. ..30 horas semanais ,sendo eu estudante, em turno estendido trabalharia 4 horas é 40 minutos?

    Como isso se aplica?

    Responder

      1. Na minha opinião é muito justo o salário que vem sendo oferecido aos técnicos do INSS pela importância de seu trabalho e responsabilidades. Não são eles que estão ganhando demais, mas sim os outros trabalhadores que foram citados nos outros comentários que não estão sendo valorizados e ganhado muito menos do que merecem.Olhando pelo ângulo de cada um, todos nós temos um pouco de razão. Mesmo porque tem muita gente que tem faculdade e pós – graduação que opta trabalhar como técnico de seguro social pela estabilidade e salário oferecido. Então tenho como solução prática no momento concorreremos ao concurso pelo INSS e tentar uma vaga ou até mesmo fazer os outros concursos que aparecerem. Tenham um bom estudo e boa sorte a todos!

        Responder

  35. O cargo de Técnico de Seguro social pede o ensino médio ou curso técnico equivalente. Na ocasião da inscrição fiz a opção de curso superior completo, me formei em Tecnóloga em Gestão de Recursos Humanos. Esse curso é válido para esse cargo?

    Responder

    1. Olá Edselma, tudo bem?

      Conforme o edital, se você fez inscrição para o cargo de Técnico do Seguro Social, ao ser convocada para a posse, terá que apresentar certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

      Já se você fez inscrição para o cargo de Analista do Seguro Social, ao ser convocada para a posse, terá que apresentar diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no órgão de classe específico.

      Att,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  36. Por gentileza.
    Quem passar no concurso precisará fazer algum treinamento antes de execer a função?

    Responder

    1. Olá Marcos, tudo bem!?

      Em todo órgão público, é comum que os candidatos passem por treinamento antes de exercer efetivamente as funções.

      No INSS não deve ser diferente!

      Abraço,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  37. Por Gentileza, onde obtenho a informação de quais APS tem turno estendido???

    Responder

  38. boa tarde,para ser técnico do seguro social tenho que fazer algum curso ou é só prestar o concurso? obrigada

    Responder

    1. Olá Raquel, tudo jóia?

      Você precisa prestar o concurso. Posteriormente, depois da nomeação e posse, você será submetida a um treinamento interno para aprender as atribuições.

      Abraço!

      Guilherme Machado

      Responder

Comente este artigo!