Resumos para Concursos: Vale a Pena Fazer?

Cursos para Concurso TJ-MG 2017
Cursos para Concurso TRE RJ

Vale a pena fazer resumos para concursos públicos? Essa é uma dúvida comum entre os concurseiros iniciantes ou até mesmo experientes. Tanto é que diversos leitores aqui do Blog QPC já entraram em contato comigo para fazer essa pergunta.

Neste artigo, vou falar sobre as vantagens e desvantagens de fazer resumos para concursos e propor algumas alternativas para tornar o seu estudo mais agradável, rápido e eficaz.

Vantagens de fazer resumos para concursos

Resumos para Concursos Vale a Pena?

Tem estudante que desde a época do colégio é acostumado a resumir toda a teoria estudada. E, para isso, tem um caderno para cada matéria, que é todo colorido e organizado.

Contudo, vale ressaltar que as vantagens dessa estratégia de estudo são poucas. Uma delas é que fica mais fácil fixar a teoria quando se escreve aquilo que foi lido.

Eu mesmo acreditei nisso durante muito tempo e fiz diversos cadernos de resumo para concursos. Pensava que só conseguia gravar a matéria quando escrevia a teoria com as minhas palavras.

Outra suposta vantagem é que os cadernos de resumos permitem uma revisão rápida daquilo que foi estudado. Mas será que isso é verdade?

Desvantagens de fazer resumos para concursos

Por outro lado, considero que são inúmeras as desvantagens de fazer resumos ao estudar para concursos. Veja algumas delas:

  • Você vai levar muito tempo para ler toda a teoria e escrever os resumos no caderno. Com isso, o estudo fica lento, cansativo e desmotivador;
  • As bancas examinadoras estão exigindo cada vez mais conteúdo nos editais e o tempo entre o edital e a prova permanece o mesmo. Será que você vai conseguir ler toda a teoria, fazer resumos e revisar aquele caderno enorme até o dia da prova?
  • Ainda que você comece a estudar antes do edital, quando terminar os resumos, dificilmente vai sobrar tempo para você revisar aquele caderno enorme;
  • Não vale a pena resumir a legislação! Além da teoria, você vai resumir todas as leis cobradas no seu concurso? Algumas delas têm centenas de artigos!
  • Você corre o risco de o caderno ficar desatualizado. Sobretudo na área jurídica, a legislação muda rapidamente e em pouco tempo o seu resumo estará ultrapassado.
  • Pode não sobrar tempo para fazer exercícios, que são fundamentais para fixação do conteúdo e para conhecer as bancas organizadoras.
  • Há materiais de estudo no mercado que já fazem esse serviço para você! Principalmente nos cursos em PDF, a teoria já é abordada de forma objetiva, didática e esquematizada, o que facilita o seu trabalho. Ex: Estratégia Concursos

Alternativas: Fichas-Resumo ou Mapas Mentais e Exercícios

Eu estudei durante muito tempo para concursos e sei bem o que passa na cabeça do concurseiro que gosta de fazer resumos:

  • Acredita que só consegue gravar a matéria escrevendo.
  • Acha que os resumos são uma ótima ferramenta para revisar a matéria rapidamente.

Eu também pensava assim! Só que com o tempo e experiência eu percebi que eu perdia um tempo enorme para resumir toda a teoria no caderno.

E isso tornava o meu estudo chato, cansativo e burocrático. Logo eu perdia a motivação e acabava abandonando o caderno de resumo. Com isso, todo aquele tempo e trabalho eram jogados no lixo.

Foi aí que eu descobri duas alternativas para revisar e fixar a teoria de forma eficiente e produtiva:

1 – Fazer fichas-resumo ou mapas mentais

Fichas-resumo ou mapas mentais são pequenos esquemas que você faz em pedaços de papel.

Funciona assim: Você está lendo a teoria e se deparou com um conteúdo mais complicado de decorar. Então você pega um pedaço de papel e faz um esquema com as principais palavras que você precisa gravar.

Veja bem: você não vai resumir o conteúdo na ficha. O que você vai fazer é um esquema com as palavras mais importantes. Inclua palavras-chave e figuras que facilitem assimilação do conteúdo.

A ideia é que ao bater o olho na ficha o seu cérebro já decifre todo aquele esquema e você consiga relembrar a teoria que estudou.

Depois disso você deve guardar as fichas-resumo separadas por matérias e levá-las para aonde for.

E sempre que tiver um tempo livre você deve ler algumas fichas, seja no banheiro, no ônibus, no horário de almoço ou na cama antes de dormir.

Sabe aquele tempo que você fica esperando uma consulta e fica mexendo no Facebook, Whatsapp, Instagram etc? Pois é! É nessas horas que você deve fazer algo mais útil como ler as fichas-resumo.

No meu caso, eu comprei uma daquelas pastas com divisórias de plástico e a separei por matérias. Depois de fazer uma ficha, eu a guardava na divisória correspondente à matéria.

E eu sempre carregava essa pasta comigo na mochila. Sempre que sobrava um tempinho eu lia algumas fichas. E isso me permitia estudar em qualquer lugar, de forma rápida e eficiente.

Além disso, também conseguia tornar produtivo o tempo que eu perdia no trânsito, no horário de almoço ou mexendo no celular.

Exemplos de fichas-resumo ou mapas mentais

Direito Administrativo: Inexigibilidade de Licitação
Direito Constitucional: Controle de ConstitucionalidadeMapas Mentais 02

Baixe gratuitamente:

>> 150 Exemplos de Mapas Mentais (Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito do Trabalho, Português e muito mais!) <<

2 – Faça exercícios!

Eu acredito que a melhor forma para revisar o conteúdo e fixá-lo é fazendo exercícios! Resolva questões anteriores e sempre que errar volte na matéria ou na legislação para entender aquela questão e o motivo do erro.

Essa estratégia de estudo é a que considero a mais rápida, eficiente e motivadora para revisar a matéria.

Com o tempo, você vai melhorando seu desempenho e isso vai te trazendo mais confiança, segurança e motivação. E o estudo se torna cada vez mais prazeroso.

Enfim! Que tal abandonar aquele velho caderno de resumos e tornar o estudo mais rápido e agradável e eficiente?

Baixe gratuitamente:

>> 150 Exemplos de Mapas Mentais (Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito do Trabalho, Português e muito mais!) <<

Deixe um comentário sobre o que acha: Vale a pena fazer resumos para concursos?

Resumos para Concursos: Vale a Pena Fazer?
4.43 (88.57%) 14 votes

5 Comentários


  1. Eu sinceramente nunca me dei bem com mapas mentais . Gosto de resumir e depois que faço revisão de uma matéria sempre respondo questões. Porém eu so faço resumos de teoria, legislação eu leio tudo e anoto as que são mais cobradas nas fichinhas que leio de vez em quando. Mas cada um estuda do seu jeito e eu gosto de fazer resumos e odeio mapas mentais.

    Responder

  2. Eu só faço fichas, mas digital. Faço no aplicativo noteshelf, é pago, preço único, mas é um excelente investimo. Você cria quantos cadernos quiser, tipo de folha, cores de caneta… e só precisa carregar o tablet. Tenho todas as matérias em um só lugar sem carregar peso e economizo papel e canetas.

    Responder

    1. Olá Barbara, tudo bem?

      Que ótima dica! Agradeço muito pela colaboração.

      Abraço,

      Guilherme Machado
      Editor do Blog QPC

      Responder

  3. Fazia resumos, perdia tempo e não terminava nunca ,parei , entendi que o melhor método é ler e resolver questões, todo mundo que já passou fala isso.

    Responder

Comente este artigo!