Ainda Vale a Pena Estudar para Concurso? (A Verdade 2020)

Estudar para concursos sempre foi visto como o melhor caminho para quem busca estabilidade, bom salário (e pago em dia), boa carreira, benefícios e qualidade de vida.

Mas o fato é que, nos últimos anos, o serviço público vem passando por um processo de piora gradual.

E muitos servidores públicos já convivem com a seguinte realidade:

Congelamento de salários até dezembro de 2021…

congelamento de salário servidores públicos

Fonte: Correio Braziliense

Atrasos…

atraso salário servidores públicos

Fonte: Jornal Estado de Minas

Parcelamentos…

parcelamento salário servidores mg

Fonte: Jornal Estado de Minas

parcelamento salário servidores rs

Fonte: Rádio Guaíba

E já falam até em redução de vencimentos…

redução de salário de servidoresFonte: Agência Brasil

Pra piorar, com frequência os políticos tentam atacar nossa estabilidade:

fim da estabilidade

Fonte: Congresso em Foco

Por fim, ainda estão fazendo menos concursos e com menos vagas.

Diante desse cenário, muitos concurseiros estão se fazendo a seguinte pergunta: ainda vale a pena estudar para concurso público?

Se você ainda não me conhece, meu nome é Guilherme Machado.

Sou servidor público há 12 anos.

Atualmente, ocupo o cargo de Analista Judiciário do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG.

E venho acompanhando de perto essa piora do serviço público que vem acontecendo nos últimos anos.

Por isso, decidi escrever este artigo para falar com você que está aí do outro lado, estudando pra concurso, e na dúvida se todo esse tempo e sacrifício vão realmente valer a pena.

Mas já te adianto que este artigo não é igual aos outros que você encontra por aí na internet sobre esse assunto.

Porque aqui vou dar a minha opinião de forma verdadeira, doa a quem doer.

Então se você tá na dúvida se ainda vale a pena estudar pra concurso, aqui você vai encontrar uma resposta sincera para essa questão.

Agora chega de conversa e vamos direto ao assunto.

Ainda vale a pena estudar para concursos públicos?

ainda vale a pena estudar para concurso

Pra responder a esta pergunta é preciso fazer uma comparação entre problemas enfrentados no setor privado e no serviço público.

É isso que vou fazer a partir de agora.

Problemas que você pode enfrentar no setor privado:

  • Instabilidade no emprego: você corre o risco perder seu emprego da noite pro dia e não consegue nem sair de férias ou tirar uma licença sem essa preocupação;
  • Desemprego: se você perder seu emprego, pode demorar um longo tempo para conseguir uma recolocação;
  • Falta de oportunidades na sua área: para conseguir uma vaga muitas vezes você precisa abrir mão da sua área de formação, trabalhar com outra coisa e ganhar menos;
  • Critérios de admissão: para conseguir uma colocação você precisa se submeter a processos seletivos com dinâmicas e exigências sem sentido;
  • Assédio moral: muitas vezes você é cobrado de forma excessiva ou humilhado e isso prejudica sua saúde física e mental;
  • Perseguição: é comum você ser perseguido por superiores que simplesmente não foram com a sua cara ou por colegas que querem te derrubar;
  • Baixos salários: em muitos casos você recebe salários baixos, mesmo exercendo atribuições de alta importância e trabalhando além do seu horário;
  • Excesso de atribuições: você acumula atribuições e acaba tendo que dar conta do trabalho de outra pessoas;
  • Excesso de jornada: muitas vezes você precisa trabalhar algumas horas além da sua jornada e nem sempre recebe por isso;
  • Desrespeito a direitos: nem sempre você tem seus direitos cumpridos, mesmo que sejam assegurados por lei, como férias, licenças, afastamento por motivo de saúde, hora extra etc…
  • Falta de meritocracia: mesmo que você seja o mais competente para a função, outra pessoa acaba ocupando um cargo mais alto por indicação de alguém;
  • Desvalorização por causa da idade: quando você atinge determinada idade você é trocado por alguém mais novo e mais barato e tem muita dificuldade para conseguir outro emprego;
  • Falta de qualidade de vida: você não tem tempo e nem dinheiro suficientes para cuidar da saúde, ficar com a família e curtir os momentos de lazer.

É claro que isso não acontece em todas as empresas, mas são problemas comuns na iniciativa privada.

E aposto que você já passou por algum desses problemas no seu emprego. Se você já passou, deixe um comentário no final do artigo me dizendo o que aconteceu.

Problemas que você pode enfrentar no setor público:

Diante desses problemas que podem acontecer na iniciativa privada, talvez você esteja pensando que o serviço público é um lugar perfeito para se trabalhar.

Mas não é bem assim. Também há problemas no setor público:

  • Falta de meritocracia: em razão dos cargos comissionados e funções de confiança, muitas vezes você pode ter como chefe alguém que não possui a qualificação necessária para ocupar o cargo e está lá por mera indicação de alguém influente;
  • Frustração profissional: se você se escolher um cargo somente pelo salário e não pela vocação e afinidade com as atribuições, pode acontecer de você não gostar das suas atividades e se frustrar por ter que exercê-las durante anos de carreira;
  • Falta de condições de trabalho: em alguns órgãos, principalmente de cidades menores, você tem uma estrutura precária de trabalho em que há falta de pessoal e de materiais;
  • Distância de casa: muitas vezes você pode ser nomeado para uma cidade distante e vai precisar passar longos anos trabalhando longe da família e dos amigos;
  • Cortes de benefícios: há uma tendência cada vez mais forte de cortar benefícios dos servidores e igualar direitos e deveres com a iniciativa privada;
  • Problemas no salário: congelamento, atrasos e parcelamentos de salário já são realidade em muitos órgãos públicos;
  • Falta de reajustes: aqueles reajustes periódicos que eram comuns estão cada vez mais raros e muitas vezes nem a inflação é reposta;
  • Assédio moral: não se iluda e não se engane. No serviço público você também pode ter um chefe que vai te perseguir e te humilhar (mas pelo menos você tem direito de reclamar do seu chefe e tomar providência sem ser demitido).

Como você pode ver, o serviço público também não é perfeito, tem seus problemas, e ainda vem passando por um processo gradual de piora.

Diante disso será que ainda vale a pena estudar para concursos?

Chegou a hora de dar a minha opinião sincera e verdadeira sobre isso.

Conclusão: ainda vale a pena estudar para concursos?

conclusão ainda vale a pena estudar para concursos públicos

Respondo com toda convicção e certeza:

Sim!

Mesmo que o serviço público esteja piorando aos poucos, ainda vale a pena estudar para concursos.

E por que digo isso?

Porque o serviço público ainda oferece algumas vantagens muito significativas em relação ao setor privado.

E, na minha opinião, a principal vantagem é a estabilidade.

Só o fato de ter a estabilidade já é motivo suficiente pra dizer que ainda vale a pena estudar para concursos.

Saber que você não vai perder seu cargo da noite pro dia te traz muita tranquilidade e paz.

Você consegue dormir todas as noites sabendo que você tem um cargo e um salário “garantidos” ao longo dos próximos anos.

E que você não precisa se preocupar em ir pra fila de desempregados.

Você pode tirar sua licença, ter filhos e sair de férias sem preocupação e sem medo de perder o emprego na hora de retornar ao trabalho.

Além disso, você tem a certeza de que ninguém vai te derrubar e te tirar do cargo por causa de perseguições pessoais.

Essa paz e tranquilidade que a estabilidade traz é algo que realmente não tem preço e que faz toda a diferença para o que serviço público ainda seja um lugar melhor pra se trabalhar que a iniciativa privada.

Mas não é só isso.

Além da estabilidade, normalmente os salários no serviço público são melhores e, a depender do cargo, você ainda tem alguns benefícios como:

  • auxílio-transporte;
  • auxílio-saúde;
  • auxílio-alimentação;
  • adicional de desempenho;
  • adicional de qualificação;
  • gratificações;
  • progressões e promoções na carreira;
  • férias-prêmio.

Por fim, vale lembrar que todas essas vantagens refletem diretamente na sua qualidade de vida.

No serviço público você pode ter uma jornada reduzida em alguns cargos ou pelo menos não precisa fazer hora extra ou trabalhar em finais de semana.

Assim, você consegue ter mais tempo livre para cuidar da saúde, ficar com a família e aproveitar seus momentos de lazer.

Por isso tudo penso que, apesar de o serviço público não ser perfeito e estar passando processo de piora, ainda vale a pena estudar pra concurso público.

Porém, faço uma ressalva: você precisa analisar se você tem um perfil adequado para ocupar um cargo público.

Se você gosta da competitividade da iniciativa privada ou tem vocação para o empreendedorismo, você pode acabar se frustrando no setor público.

E o que você acha? Ainda vale a pena estudar para concursos públicos?

Deixe um comentário me dizendo o que você pensa sobre isso.

Opinião em vídeo: ainda vale a pena estudar pra concurso público? Saiba a VERDADE!

2 Comentários


  1. Discordo da sua análise em alguns pontos. Por exemplo, na minha área que é tecnologia de informação, tem emprego sobrando e ganha-se muito mais que no setor publico. Ainda tem o desenvolvimento profissional que no setor publico NÃO existe. No setor privado se aprende a cada dia, se desenvolve, se cresce…no setor publico o atraso ( nesta área é gigantesca, ainda usam maquina de datilografia). Não vale a pena estudar para concurso não. vale a pena se especializar, fazer cursos de certificações para viver constantemente atualizado, sem ficar num trabalho monótono apenas pela tal estabilidade. se você for bom, jamais ficará desempregado.

    Responder

  2. Discordo 100% de você Nadir , você pegou a exceção e dela fez a regra.
    Na iniciativa privado o setor de tecnologia é um ponto fora da curva , o ramo de tecnologia da informação é um dos únicos ( ou único) que tem a tendência de crescimento da oferta de vagas com o passar dos anos , sem falar dos cargos correlatos a área da saúde que são essenciais. Fora isso , todas as demais áreas apresentam alta competitividade , o que acarreta baixos salários , cobrança por produtividade, elevada carga de stress , fatores que impactam negativamente na qualidade de vida , os números de afastamentos anuais por depressão e/ou doenças psicossomáticas de trabalhadores do setor privado comprovam minha fala.
    No setor privado se você é bom mas não tem contatos dificilmente será contratado , principalmente se é recém formado , o mercado não tem capacidade de absorve todos os profissionais que se formam anualmente.
    Concordo com o Guilherme que o setor público vem sofrendo várias baixas , mas não se compara a reforma trabalhista , é uma vergonha o que os nossos governantes fizeram com os diretos dos trabalhadores , e cada vez mais se depender desse governos os direitos dos trabalhadores irão diminuir.
    Enfim , o Guilherme foi cirúrgico, tem uma questão relacionada ao perfil profissional de cada um , analisando o meu e considerando minhas experiências jamais trocaria o setor público pelo privado.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *