Concurso IBGE 2021 (Temporários) Vale a Pena?

Foi publicado o edital do Concurso IBGE 2021 para contratação temporária de profissionais que vão atuar em atividades relacionadas ao Censo Demográfico.

São dois editais que juntos oferecem 204.307 vagas para as seguintes funções de níveis médio e fundamental:

  • Agente Censitário Municipal (ACM) – nível médio;
  • Agente Censitário Supervisor (ACS) – nível médio;
  • Recenseador – nível fundamental.

Esse concurso vai ser organizado pelo Cebraspe e as inscrições devem ser realizadas entre os dias 19/02 e 15/03 (ACM e ACS) e 23/02 a 19/03 (Recenseador).

Já a aplicação das provas está prevista para os dias 18/04 (ACM e ACS) e 25/04 (Recenseador), em todos os municípios com vagas.

Para saber mais acesse a página da organizadora:

Mas será que realmente vale a pena prestar esse concurso em que você vai ter um contrato de trabalho apenas por prazo determinado?

É o que você vai descobrir neste artigo.

Então se você tá na dúvida se vale a pena ou não prestar o Concurso IBGE 2021, você precisa ficar comigo até o final.

Agora chega de conversa e vamos começar!

Concurso IBGE 2021: Cargos e Vagas

No Concurso IBGE você vai ter a oportunidade de concorrer a 204.307 vagas para trabalhar no Censo Demográfico que vai ser realizado em 2021.

Essas vagas estão divididas entre as seguintes funções:

  • Agente Censitário Municipal (ACM): 5.450 vagas
  • Agente Censitário Supervisor (ACS): 16.959 vagas
  • Recenseador: 181.898 vagas 

Nesse quadro, você percebe que a maioria das vagas (181.898) é para o cargo de Recenseador, que exige apenas nível fundamental.

Por esse motivo, vou fazer uma análise se vale a pena ou não prestar o concurso IBGE 2021 com base nesse cargo.

Mas deixo claro que a minha opinião também se aplica às demais funções.

Então vamos lá!

Vale a pena ou não prestar o Concurso IBGE para Recenseador?

Para responder a essa pergunta, a primeira coisa que você precisa saber é o que faz um Recenseador.

O que faz um Recenseador do IBGE?

recenseador ibge

A principal atribuição do Recenseador é realizar a coleta de dados para o Censo Demográfico.

De acordo com o IBGE, sua atuação ocorre da seguinte forma:

Identificados com colete, boné, crachá e computador de mão, os recenseadores irão coletar as informações através de entrevista direta com perguntas listadas sob a forma de questionário a ser preenchido no computador de mão. Também será possível responder ao questionário via internet.

Serão visitados todos os domicílios do país e qualquer morador capaz de fornecer as respostas às perguntas do questionário pode responder ao recenseador por todos os demais moradores daquele domicílio.

Na prática, ele vai até a casa das pessoas e realiza uma entrevista.

Ele aplica um questionário para levantar informações sobre o perfil do morador como idade, renda, escolaridade etc…

Perceba que, ao atuar como recenseador, você vai ter um relacionamento direto e diário com o público.

Por isso, é recomendável que você tenha um perfil de se relacionar bem com as pessoas.

E quanto você vai ganhar pra trabalhar como Recenseador no Censo 2021?

Quanto ganha um Recenseador do IBGE?

Pra responder se vale a pena ou não prestar o Concurso IBGE também é preciso saber quanto um ganha um Recenseador.

Veja a remuneração para os três cargos que vão oferecer mais vagas no Concurso:

Cargo: Agente Censitário Municipal (ACM)

  • Vagas: 5.450
  • Requisito: Nível médio
  • Salário: R$ 2.100,00

Cargo: Agente Censitário Supervisor (ACS)

  • Vagas: 16.959
  • Requisito: Nível médio
  • Remuneração: R$ 1.700,00

Cargo: Recenseador

  • Vagas: 181.898
  • Requisito: Nível fundamental
  • Remuneração: Por produção

Ao contrário dos demais cargos que oferecem um salário fixo, na função de Recenseador você recebe uma remuneração variável, calculada por produção.

Isso significa que o salário varia de acordo com o tempo diário e semanal dedicado ao trabalho e o grau de facilidade/dificuldade encontrado na abordagem aos domicílios.

Mas tem uma média pra você ter uma ideia do quanto vai ganhar como Recenseador?

Se você trabalhar uma longa jornada e realizar muitos entrevistas, em determinadas localidades, seu salário pode chegar a R$ 4.500,00.

Em relação ao horário de trabalho, você não precisa cumprir uma jornada diária fixa.

Desde que você respeite o mínimo de 25 horas semanais e os melhores momentos para visitar os domicílios, você pode definir seus horários de trabalho.

Mas será que tem como saber uma estimativa do salário que você vai receber trabalhando como Recenseador aí na sua cidade?

Sim! O IBGE disponibiliza um simulador pra você exatamente qual o vai ser o seu salário de acordo com a sua jornada e com o seu local de trabalho.

Clique no link abaixo e faça uma simulação:

> Estimativa de Remuneração – Recenseador do IBGE

E como é o processo seletivo pra você se tornar Recenseador?

Como é o Processo Seletivo para Recenseador do IBGE

Pra se tornar Recenseador você vai ter que se inscrever e participar de um Processo Seletivo Simplificado.

É como se fosse um concurso público, mas é destinado a contratação temporária (por tempo determinado).

De acordo com o edital do Concurso IBGE 2021, esse processo seletivo vai ter duas etapas:

1 – Provas objetivas

A primeira etapa é a realização de uma prova objetiva, no formato múltipla escolha, em que são apresentadas cinco opções de resposta (A, B, C, D e E) e você precisa marcar a correta.

Essa prova vale 50 pontos e tem 50 questões, assim divididas:

prova objetiva concurso ibge recenseador

Será aprovado na prova objetiva o candidato que obtiver no mínimo 15,00 pontos no geral e no mínimo um acerto em cada uma das disciplinas.

O candidato aprovado dentro do número de vagas será considerado classificado.

2 – Treinamento

Se você for aprovado na prova objetiva dentro do número de vagas, você vai ser convocado para a segunda etapa do processo seletivo, que é o treinamento.

Esse treinamento tem uma fase de autoinstrução, em que você deverá realizar leitura prévia do Manual do Recenseador e do Manual de Entrevista, que serão disponibilizados no site do Censo 2021

E também tem uma etapa de treinamento presencial, com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias.

Se você for aprovado nessa fase de treinamento, aí sim você vai ser contratado por prazo determinado.

E qual será o prazo desse contrato?

De acordo com o edital, a previsão de duração é de até 3 meses, podendo ser prorrogado se houver necessidade.

Agora você já sabe o que faz, quanto ganha e como é o processo eletivo para se tornar Recenseador do IBGE.

Diante de tudo isso, será que a vale a pena prestar esse concurso?

Minha opinião: Concurso IBGE 2021 para temporários vale a pena?

concurso ibge 2021 vale a pena

Na minha opinião o Concurso IBGE Temporários tem ótimos atrativos como:

– Milhares de vagas imediatas

Serão oferecidas 204.307 vagas para contratação imediata, sendo 181.898 para Recenseador.

– Boa remuneração

A depender da sua produtividade, na função de Recenseador você pode receber uma remuneração de até R$ 4.500,00.

– Poucas matérias cobradas na prova

Na prova objetiva para o cargo de Recenseador são cobradas apenas quatro matérias:

  • Português
  • Matemática
  • Ética no Serviço Público
  • Conhecimentos Técnicos

Com isso, dá tempo de você fazer uma boa preparação, mesmo que você ainda não tenha começado a estudar.

– Bons cursos preparatórios com preços acessíveis

Por falar em boa preparação, a boa notícia é que os melhores cursos online para o concurso IBGE estão disponíveis a preços acessíveis.

Veja dois exemplos :

Estratégia Concursos – Pacote Completo p/ IBGE – Temporários (Recenseador) Com Videoaulas – Valor: 12x de R$ 12,90 ou R$ 154,80 à vista.

Gran Cursos Online – Pacote Completo p/ IBGE – Temporários (Recenseador) – PDF + Videoaulas + Rota Final – Valor: 12x R$ 17,90 ou R$ 214,80 à vista.

Assim, em razão desses atrativos, penso que vale a pena prestar o Concurso IBGE, mesmo que seja uma contratação por prazo determinado, principalmente se hoje você está desempregado.

Nesse caso, você vai ter a oportunidade de conseguir uma boa renda por pelo menos três meses e pode ter um alívio nas suas finanças durante esse período tão difícil de pandemia.

E se você está estudando ou pensa em prestar outros concursos futuramente, penso que também vale a pena você prestar o Concurso IBGE 2021.

Se você passar no IBGE, você vai se livrar da pressão e ansiedade pela primeira aprovação.

E terá uma renda que vai te permitir investir em bons cursos e materiais e fazer uma preparação de alto nível para outros concursos.

Além disso, você vai se sentir capaz de ser aprovado em concursos melhores.

Por isso, pense neste processo seletivo como um concurso escada, em que você vai subir o primeiro degrau e entrar no serviço público.

Esse primeiro degrau vai te dar a confiança necessária para que você siga em frente e consiga sua aprovação no concurso que você sempre sonhou.

Além disso, você ai ganhar a experiência de ter estudado, feito uma prova e passado em um concurso.

E essa bagagem vai te ajudar nos concursos seguintes.

Por tudo isso acredito que vale muito a pena você prestar o Concurso IBGE 2021!

Melhores Cursos para o Concurso IBGE

Você pode me ajudar?

Se este artigo ajudou você de alguma forma, peço que você também me ajude.

E você pode fazer isso de uma forma simples e rápida.

Basta você fazer sua inscrição no meu canal no Youtube e seguir meu perfil no Instagram.

Ao fazer isso você já vai me ajudar muito! Obrigado e tamo junto!

Guilherme Machado

Economize até 70% nos Melhores Cursos Online para Concursos

Faça parte da minha Lista VIP (100% gratuita) e receba cupons de desconto em primeira mão:

Receba Cupons de Desconto

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber cupons de desconto dos melhores cursos online para concurso.

Fique tranquilo, este serviço é gratuito e seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Em alguns minutos você já vai receber seu primeiro cupom (válido hoje).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *