Concurso TRT SP 2018: Saiu o Edital para Técnico e Analista!

Na noite de ontem, dia 26 de abril, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região publicou no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho o edital do Concurso TRT SP 2018. 

O certame, organizado pela Fundação Carlos Chagas, destina-se ao provimento de vagas e formação de cadastro de reserva nos cargos de técnico e analista. 

Concurso TRT SP 2018: Cargos e Vagas 

De acordo com o edital, serão ofertadas 320 vagas para 25 cargos. São eles: 

Nível superior: 

  • Analista Judiciário – Área Judiciária – 53 vagas 
  • Analista Judiciário – Área Judiciária – Oficial de Justiça (Avaliador Federal) – 54 vagas 
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – 27 vagas 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Contabilidade – 1 vaga 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Arquivologia – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Biblioteconomia – 1 vaga 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Enfermagem – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia (Segurança do Trabalho) – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Estatística – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina (Cardiologia) – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina (Clínico Geral) – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina do Trabalho – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina (Psiquiatria) – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Nutrição – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Psicologia – CR 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Serviço Social – 1 vaga 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação – 1 vaga 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – História – 1 vaga 

Para esses cargos a remuneração inicial é de R$ 11.006,83 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. 

Nível médio: 

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – 144 vagas
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Telefonia – 1 vaga 
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança – 35 vagas
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Enfermagem – CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação – 1 vaga

Para esses cargos a remuneração inicial é de R$ 6.780,53 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. 

Inscrições Concurso TRT SP 2018

Os interessados no Concurso TRT SP 2018 deverão se inscrever exclusivamente pela internet, por meio do site da FCC. 

As inscrições serão abertas às 10h desta sexta-feira, dia 27/4/2018, e seguem até as 14h do dia 21/5/2018 (horário de Brasília). A taxa de inscrição é de R$ 80 para cargos de nível médio e R$ 95 para cargos de nível superior. 

Provas 

Para todos os cargos/especialidades serão aplicadas provas objetivas de múltipla escolha, com cinco alternativas para cada questão. Confira mais detalhes nos quadros a seguir:

edital concurso trt sp 2018

No mesmo dia e horário das provas objetivas também será aplicada uma prova discursiva (redação) para todos os cargos/especialidades. Nesta etapa, os candidatos deverão produzir um texto dissertativo-argumentativo sobre um assunto de interesse geral. 

Serão corrigidas as redações dos candidatos habilitados e mais bem classificados nas provas
objetivas, conforme os limites de classificação a seguir:

Os candidatos ao cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa – Segurança ainda realizarão uma prova prática de capacidade física. Essa etapa ocorrerá na cidade de São Paulo, em data e horário a serem divulgados posteriormente. 

Data Provável das Provas 

A previsão é de que as provas objetivas e discursivas sejam aplicadas no dia 22/7/2018 para todos os cargos/especialidades.

A aplicação será realizada na cidade de São Paulo, nos seguintes turnos:

  • MANHÃ: Técnico Judiciário
  • TARDE: Analista Judiciário

Edital Completo 

Baixe o documento na íntegra: edital-concurso-trt-sp-2018

Curso Online para o Concurso TRT SP 2018 

Para ter chances de ser aprovado no próximo Concurso TRT SP 2018 você precisa começar a estudar imediatamente.

Trata-se de um dos maiores tribunais do país que tradicionalmente convoca muitos aprovados.

Por isso, a tendência é que a concorrência seja enorme, o que exige uma preparação de alto nível, a médio ou longo prazo.

E quando se fala em concursos de tribunais o Estratégia Concursos é imbatível!

Esse foi o curso que me fez ser aprovado e nomeado no cargo de analista judiciário – área judiciária no TRF da 2ª Região, um dos maiores tribunais federais do país.

Clique no link abaixo e confira os cursos disponíveis para o Concurso TRT SP 2018:

Cursos Online para o Concurso TRT SP em PDF + Vídeo Aulas – 100% Atualizados e Focados no Edital – Teoria + Questões

Outros concursos TRT previstos 

Tabelinha do blog QPC para o concurseiro se atualizar! Última atualização ontem, dia 26/4, após publicação do edital do Concurso TRT SP 2018. 

Último Concurso TRT SP 

O último Concurso TRT SP para provimento de cargos de técnico e analista judiciário foi realizado em 2013.

Naquela ocasião, a FCC – Fundação Carlos Chagas – foi a banca organizadora responsável pelo certame.

Foram oferecidas 349 vagas para cargos de nível médio e superior, além da formação de cadastro de reserva (CR), nas seguintes especialidades:

Nível superior

  • Analista Judiciário – Área Judiciária: 62 vagas (+ 4 PNE*)
  • Analista Judiciário – Área Administrativa: 09 vagas (+1 PNE)
  • Analista Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador Federal: 10 vagas (+1 PNE)
  • Analista Judiciário – Tecnologia da Informação: 11 vagas (+1 PNE)
  • Analista Judiciário – Medicina: CR
  • Analista Judiciário – Medicina do Trabalho: 01 vaga
  • Analista Judiciário – Psicologia: 01 vaga
  • Analista Judiciário – Enfermagem: 02 vagas
  • Analista Judiciário – Arquivologia: 01 vaga
  • Analista Judiciário – Engenharia (Segurança do Trabalho): 02 vagas

*PNE = Reserva de vagas para candidatos portadores de necessidades especiais.

Para esses cargos, a remuneração inicial oferecida foi de até R$ 9.188,20.

Nível médio ou formação técnica:

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa: 190 vagas (+ 10 PNE)
  • Técnico Judiciário – Segurança: 29 vagas (+ 2 PNE)
  • Técnico Judiciário – Tecnologia da Informação: 09 vagas (+1 PNE)
  • Técnico Judiciário – Enfermagem: 02 vagas

Já para esses cargos, a remuneração inicial era de até R$ 5.623,49.

Confira o edital do último concurso: Edital Concurso TRT SP 2013

Provas 

No último certame foram aplicadas provas objetivas e discursivas (redação) para todos os cargos/especialidades. 

Para o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança ainda foram aplicadas as provas práticas de aptidão física e de direção veicular. 

Veja o quadro com o número de questões para cada cargo: 

Concurso TRT SP

Concurso TRT SP

As provas objetivas foram compostas por questões de múltipla escolha, com cinco alternativas para cada uma.

Já na redação os candidatos tiveram que desenvolver um texto dissertativo sobre um assunto de interesse geral. 

Número de Nomeados

O TRT SP tem a tradição de nomear muitos mais candidatos do que o número de vagas previsto no edital. E foi o que ocorreu no último certame.

Confira o quadro de convocações do último concurso, atualizado até outubro de 2017:

concurso trt sp 2018

edital concurso trt sp

Clique aqui para acompanhar o quadro de convocações atualizado no site do TRT SP.

Descrição das Atividades de Cada Cargo 

  • Analista Judiciário – Área Judiciária: 
    Analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres; proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer; fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal; inserir, atualizar e consultar informações em base de dados; verificar prazos
    processuais; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal 
    Executar citações, notificações, intimações e demais ordens judiciais, certificando no mandado o ocorrido; executar penhoras, avaliações, arrematações, praças e hastas públicas, remissões, adjudicações, arrestos, sequestros, buscas e apreensões, lavrando no local o respectivo auto circunstanciado; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Administrativa 
    Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; elaborar e aplicar instrumentos de
    acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Contabilidade 
    Executar atividades relativas à elaboração do orçamento, planificação de contas, detalhamento de despesas, serviços contábeis, balanços,
    balancetes, demonstrativos de movimento de contas, cálculo de faturas, tabelas de vencimentos, folhas de pagamento e organização de processos de prestação de contas; elaborar planos, projetos e relatórios relativos à área de atuação; realizar perícias contábeis e cálculos judiciais; emitir informações e pareceres em questões que envolvam matéria de natureza técnica pertinente à área de atuação; prestar assessoria
    relacionada ao sistema de controle interno e auditoria; atuar no monitoramento e acompanhamento da execução orçamentária, financeira, contábil e patrimonial; examinar e emitir parecer em processos de tomadas de contas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Arquivologia
    Executar atividades relacionadas à tramitação, utilização, avaliação e arquivamento de documentos; efetuar procedimentos de controle, identificação, classificação e descrição de documentos; avaliar e selecionar documentos para fins de preservação ou descarte; promover medidas necessárias à conservação, microfilmagem e destinação de documentos; prestar assistência em questões relacionadas à sua área de atuação;
    emitir informações e pareceres; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Biblioteconomia                              Manter atualizado o inventário do acervo bibliográfico; proceder ao cadastramento das publicações editadas pelo Tribunal junto aos órgãos responsáveis pela padronização internacional de numeração de títulos de livros e periódicos; selecionar, indexar e catalogar material documental de interesse do Tribunal para consulta e/ou composição do acervo; desenvolver linguagem de indexação na área trabalhista para o Tribunal; alimentar os bancos de dados da área; organizar catálogos e mantê-los atualizados; efetuar a organização, o controle e o armazenamento do acervo; selecionar, coletar e organizar material documental referente à doutrina, à legislação e à jurisprudência de interesse do Tribunal; atender ao usuário, realizando pesquisas bibliográficas e de informações solicitadas; realizar intercâmbio com bibliotecas de órgãos públicos e instituições jurídicas nacionais e estrangeiras; registrar e controlar empréstimos, devolução e reserva do material bibliográfico; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Enfermagem                                     Realizar procedimentos de enfermagem segundo prescrição médica ou odontológica; preparar e esterilizar material, instrumental e equipamentos; prestar auxílio ao médico ou odontólogo em técnicas específicas, quando da realização de exames e/ou tratamentos; prestar primeiros socorros; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; efetuar o controle de estoque e das condições de uso de equipamentos, materiais, instrumentos e medicamentos utilizados para atendimento médico e odontológico; elaborar relatórios e planos de trabalho e fornecer dados estatísticos inerentes à área de atuação; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia                                         Elaborar projetos relativos a construção, conservação e reforma dos prédios do Tribunal; acompanhar e fiscalizar obras e serviços; realizar exames técnicos de expedientes relativos a execução de obras; prestar assistência em assuntos técnicos relacionados a projetos de obras de instalações prediais e de estruturas; executar desenho técnico; emitir pareceres técnicos e elaborar especificações técnicas e relatórios sobre assuntos relativos à sua área de atuação; acompanhar a manutenção das centrais e aparelhos de ar condicionado e das instalações elétricas e hidráulicas dos prédios do Tribunal; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Engenharia (Segurança do Trabalho) Executar atividades relacionadas a prevenção e controle de riscos dos locais de trabalho e das instalações e equipamentos; elaborar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes a segurança e à higiene do trabalho; vistoriar, avaliar, realizar perícias, emitir pareceres e laudos técnicos; propor políticas, programas, campanhas educativas, treinamento, normas e regulamentos de segurança do trabalho; elaborar projetos de sistemas de
    segurança e assessorar a elaboração de projetos de obras, instalação e equipamentos, opinando sob o ponto de vista da engenharia de segurança; propor medidas de prevenção de acidentes de trabalho; acompanhar e fiscalizar obras e serviços; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Estatística                                        Planejar e desenvolver investigações estatísticas; coordenar os trabalhos de coleta, análise e interpretação de dados; elaborar pareceres e  instrumentais técnicos, laudos e relatórios; fornecer informações que favoreçam a tomada de decisões e o acompanhamento da execução de atividades; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina 
    Realizar consultas, exames, diagnósticos e inspeções de saúde; solicitar exames; prescrever tratamentos; realizar visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; providenciar a remoção de pacientes para instituições hospitalares em casos de emergência; emitir laudos médicos, pareceres e atestados; conceder licenças para tratamento de saúde; homologar atestados médicos emitidos por profissionais externos ao quadro do Tribunal; atuar em perícias médicas; atuar em programas de educação e prevenção de doenças; prescrever e administrar medicamentos; efetuar o controle de estoque e das condições de uso de equipamentos, materiais, instrumentos e medicamentos utilizados para atendimento médico; colaborar na fiscalização das condições de higiene e segurança dos locais de trabalho; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina (Cardiologia) 
    Realizar consultas, exames, diagnósticos e inspeções de saúde, principalmente na área de cardiologia; solicitar exames; prescrever tratamentos; realizar visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; providenciar a remoção de pacientes para instituições hospitalares em casos de emergência; emitir laudos médicos e pareceres; conceder licenças para tratamento de saúde; homologar atestados médicos emitidos por profissionais externos ao quadro do Tribunal; atuar em perícias médicas; atuar em programas de educação e prevenção de doenças; prescrever e administrar medicamentos; efetuar o controle de estoque e das condições de uso de equipamentos, materiais, instrumentos e medicamentos utilizados para atendimento médico; colaborar na fiscalização das condições de higiene e segurança dos locais de trabalho; redigir, digitar e
    conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina (Clínico Geral) 
    Realizar consultas, exames, diagnósticos e inspeções de saúde, principalmente na área de clínica geral; solicitar exames; prescrever tratamentos; realizar visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; providenciar a remoção de pacientes para instituições hospitalares em casos de emergência; emitir laudos médicos, pareceres e atestados; conceder licenças para tratamento de saúde; homologar atestados médicos emitidos
    por profissionais externos ao quadro do Tribunal; atuar em perícias médicas; atuar em programas de educação e prevenção de doenças; prescrever e administrar medicamentos; efetuar o controle de estoque e das condições de uso de equipamentos, materiais, instrumentos e medicamentos utilizados para atendimento médico; colaborar na fiscalização das condições de higiene e segurança dos locais de trabalho; redigir,
    digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina do Trabalho 
    Realizar consultas, exames, diagnósticos e inspeções de saúde, principalmente relacionadas à saúde ocupacional; solicitar exames; prescrever tratamentos; realizar visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; providenciar a remoção de pacientes para instituições hospitalares em casos de emergência; emitir laudos médicos e pareceres; conceder licenças para tratamento de saúde; homologar atestados médicos emitidos por profissionais externos ao quadro do Tribunal; atuar em perícias médicas; atuar em programas de educação e prevenção de doenças; prescrever e administrar medicamentos; efetuar o controle de estoque e das condições de uso de equipamentos, materiais, instrumentos e medicamentos utilizados para atendimento médico; colaborar na fiscalização das condições de higiene e segurança dos locais de trabalho; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Medicina (Psiquiatria) 
    Realizar consultas, exames, diagnósticos e inspeções de saúde, principalmente na área de psiquiatria; solicitar exames; prescrever tratamentos; realizar visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; providenciar a remoção de pacientes para instituições hospitalares em casos de emergência; emitir laudos médicos e pareceres; conceder licenças para tratamento de saúde; homologar atestados médicos emitidos por
    profissionais externos ao quadro do Tribunal; atuar em perícias médicas; atuar em programas de educação e prevenção de doenças; prescrever e administrar medicamentos; efetuar o controle de estoque e das condições de uso de equipamentos, materiais, instrumentos e medicamentos utilizados para atendimento médico; colaborar na fiscalização das condições de higiene e segurança dos  locais de trabalho; redigir, digitar e
    conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Nutrição                                           Realizar programas e campanhas referentes à educação nutricional; prescrever e supervisionar dietas; atuar visando à segurança alimentar em todas as áreas da alimentação e nutrição; promover a manutenção e recuperação da saúde e prevenção de doenças dos servidores; elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Psicologia                                         Realizar atividades relacionadas às áreas de psicologia organizacional e clínica; realizar atendimentos, diagnósticos e inspeções de saúde relacionadas à Psicologia; orientar e encaminhar para psicoterapia e/ou para avaliação psiquiátrica, realizar psicoterapia de magistrados e servidores inclusive Psicoterapia Breve, aplicar testes projetivos de personalidade e outros quando solicitados, atuar em perícias relativas à saúde mental empreender visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; emitir laudos e pareceres; atuar em programas de educação e prevenção de doenças; atuar em processos de seleção, acompanhamento, treinamento, análise ocupacional, avaliação de desempenho e desligamento de pessoal; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Serviço Social                                 Elaborar estudos, projetos e pesquisas de âmbito social e de cunho socioeducativo; atuar em ações que envolvam a recuperação, a readaptação ou a orientação a servidores; promover ações com vistas à redução de fatores que interfiram no tratamento da saúde; efetuar contatos com a rede hospitalar para fins de atendimento especializado; prestar assessoramento técnico pertinente à sua área de atuação; efetuar visitas domiciliares ou em dependências hospitalares; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação         Desenvolver projetos e sistemas de informática; documentar os sistemas; analisar e avaliar diagramas, estruturas e descrições de entradas e saídas de sistemas; sugerir as características e quantitativos de equipamentos necessários à utilização dos sistemas; analisar e avaliar as definições e documentação de arquivos, programas, rotinas de produção e testes de sistemas; identificar as necessidades de produção, alteração e otimização de sistemas; prestar suporte técnico e treinamento aos usuários de sistemas; analisar e avaliar procedimentos para instalação de base de dados, assim como definir dados a serem coletados para teste paralelo de sistemas; planejar e coordenar as atividades de manutenção dos sistemas em operação; elaborar projetos de páginas para internet e intranet; elaborar especificação técnica para subsidiar a aquisição de software e equipamentos de informática; propor padrões e soluções para ambientes informatizados; elaborar pareceres técnicos; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade. 
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – História                                                   Executar atividades relacionadas à pesquisa e divulgação da história da Justiça do Trabalho; prestar assistência em atividades de avaliação e seleção voltadas à preservação documental; realizar atividades de organização, manutenção, segurança e conservação do acervo histórico do Tribunal; efetuar estudos, pesquisas e assistência em questões relacionadas à sua área de atuação; prestar assistência à catalogação e preparação técnica do material histórico destinado às exposições, publicações e eventos do Tribunal e à pesquisa histórica em geral; organizar informações históricas para publicações, exposições e eventos; prestar assessoria técnico-cultural ao Tribunal e à comunidade nos assuntos relacionados ao acervo histórico; emitir informações e pareceres; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa                                                                           Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Telefonia                                                             Operar mesa telefônica, atendendo a chamadas telefônicas internas e externas; prestar informações ao público sobre assuntos relacionados ao Tribunal; receber e transmitir mensagens e informações; transferir ligações entre ramais; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Segurança                                                                Atuar na segurança dos magistrados, servidores e demais autoridades na área de jurisdição do órgão e em qualquer localidade do território nacional, quando autorizado pelo Presidente do Tribunal; II – realizar a segurança de magistrados e servidores no exercício de suas funções institucionais; III – atuar na preservação da ordem em recintos oficiais, conduzindo à autoridade policial, pessoas em situação de flagrante delito, ou ato infracional, ou, ainda, por determinação de autoridade judiciária; IV – realizar a guarda e vigilância dos bens móveis e imóveis do Tribunal, bem como auxiliar na segurança do patrimônio intelectual e imaterial; V – auxiliar, quando solicitado pela Presidência do Tribunal, na segurança das equipes de trabalho executantes das políticas institucionais e de erradicação do trabalho análogo ao de escravo e infantil, em cooperação com outros Órgãos. VI – realizar ações da atividade de inteligência destinadas a instrumentalizar o exercício da segurança institucional, produzindo conhecimentos e informações que subsidiem ações, de forma a neutralizar e coibir ameaças e atos criminosos na esfera de competência do Tribunal; VII – realizar investigações preliminares de interesse institucional, quando autorizadas pela Presidência do Tribunal; VIII – auxiliar na escolta de presos nas dependências do Tribunal; IX – fiscalizar as atividades de controle de acesso, circulação e permanência de pessoas, materiais, equipamentos e volumes nas dependências do Tribunal; X – conduzir, utilizando técnicas de segurança e prevenção, veículos em missão oficial; XI – executar ações de prevenção e combate a incêndio e outros sinistros de qualquer natureza, bem como atendimento a primeiros socorros; XII – executar a gestão e fiscalização dos contratos de segurança, conforme o caso; XIII – cooperar com outros órgãos de esfera pública, quando autorizado pela Presidência do Tribunal; XIV – executar outras tarefas de interesse institucional, mediante autorização expressa do Presidente do Tribunal; sem prejuízo das atribuições descritas no Ato CSJT.GP.SG.CGPES n.° 193/2008, para servidores ocupantes da área de segurança.
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Enfermagem                                      Auxiliar na realização de procedimentos de enfermagem segundo prescrição médica ou odontológica; preparar e esterilizar material, instrumental e equipamentos; prestar auxílio ao médico, odontológico ou enfermeiro em técnicas específicas, quando da realização de exames e/ou tratamentos; prestar primeiros socorros; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade.
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Tecnologia da Informação            Executar atividades relacionadas ao desenvolvimento, teste, codificação, manutenção e documentação de programas e sistemas de informática; prestar suporte técnico e treinamento a usuários; elaborar páginas para internet e intranet; identificar as necessidades de produção, alteração e otimização de sistemas; executar tarefas de operação, instalação e manutenção de equipamentos de informática; efetuar os procedimentos de cópia, transferência, armazenamento e recuperação de arquivos de dados; elaborar pareceres técnicos; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade

Leia também:

Concurso TRT SP 2018: Saiu o Edital para Técnico e Analista!
4.9 (97.5%) 8 votes

3 Comentários


  1. Olá, Guilherme.
    Você acha possível o edital ser publicado antes de junho/2018, mesmo não podendo nomear os novos aprovados antes do vencimento do concurso anterior?

    Desde já, obrigado.

    Responder

  2. Olá Guilherme.
    Inspirei-me em sua história para seguir nesse árduo mas próspero caminho que é a preparação para concursos e a consequente aprovação. A minha dúvida é a seguinte: O material de estudo do TRT 15 serve para oTRT 2 também? Estou utilizando o material da Estratégia Concursos.
    Grato pela atenção e parabéns pela iniciativa em auxiliar na preparação para concursos.

    Um forte abraço!

    Responder

    1. Olá Renato, tudo tranquilo?

      Você pode utilizar o mesmo material, mas deve comparar o que tem de diferente nos dois editais e complementar o estudo.

      E que bom que a minha história serviu de inspiração. Já estou na torcida aqui pela sua aprovação!

      Não esquece de me avisar quando passar, beleza?

      Forte abraço,

      Guilherme Machado

      Responder

Comente este artigo!