O que faz um Analista Judiciário do TJMG?

Você quer saber o que faz um Analista Judiciário do TJMG?

Beleza! Deixa comigo! 

Se você ainda não me conhece, meu nome é Guilherme Machado.

E eu sou Analista Judiciário lá no TJMG desde 2012.

Por isso, eu conheço bem as atribuições desse cargo.

E, neste artigo, eu vou contar pra você como é o dia a dia de trabalho lá no Tribunal e também quais são as vantagens e desvantagens do cargo.

Então se você tem interesse no Concurso TJMG para o cargo de Analista Judiciário, você precisa ficar comigo até o final.

Agora chega de conversa e vamos começar!

O que faz um Analista Judiciário do TJMG? (Esclarecimento importante)

Antes de falar sobre as atribuições do cargo, preciso fazer um esclarecimento importante.

É o seguinte…

O cargo de Analista Judiciário lá no TJMG é dividido entre várias especialidades, que exigem nível superior em diferentes áreas.

São elas:

  • Analista Judiciário;
  • Administrador;
  • Analista de Recursos Humanos;
  • Analista de Tecnologia da Informação;
  • Arquiteto;
  • Assistente Social;
  • Bibliotecário;
  • Cirurgião-Dentista;
  • Contador;
  • Enfermeiro;
  • Engenheiro Civil;
  • Engenheiro Eletricista;
  • Engenheiro Mecânico;
  • Jornalista;
  • Médico;
  • Médico Perito Judicial;
  • Médico Psiquiatra Judicial;
  • Psicólogo;
  • Publicitário;
  • Relações Públicas;
  • Revisor Judiciário;
  • Taquígrafo Judiciário.

Mas neste artigo eu não vou falar sobre todas essa especialidades porque eu não conheço bem as atribuições de todas elas e também porque o conteúdo ia ficar chato e longo. 

Por isso, eu vou falar somente sobre o cargo e especialidade que eu exerço lá no tribunal, que é o de Analista Judiciário – Especialidade Analista Judiciário.

Essa especialidade exige nível superior em Direito e é a que costuma oferecer mais vagas e nomear mais aprovados no concurso.

Feito esclarecimento, vamos pro que interessa!

Atribuições do Analista Judiciário do TJMG

o que faz um analista judiciário do tjmg

Mas o que faz, na prática, um Analista Judiciário – Especialidade Analista Judiciário lá no TJMG?

Vamos lá!

As as atribuições desse cargo estão previstas na Resolução 953/2020.

E eu vou colocar aqui pra você as atribuições que constam nessa Resolução e vou comentar, rapidamente, cada uma delas, combinado? 

Vamos lá!

– analisar autos, precatórios judiciais e demais documentos, acompanhar licitações e lavrar termos;

Faz parte da atribuição de um Analista judiciário saber analisar autos de processos judiciais e também de precatórios.

E o que é analisar autos?

É você saber identificar e entender as peças do processo, como petição inicial, contestação e sentença, e também as classes processuais como apelação, agravo de instrumento etc..

Além disso, você também deve saber analisar precatórios e outros documentos de conteúdo jurídico.

Por fim, deve acompanhar as licitações que o TJMG realiza e lavrar os termos como adjudicação e homologação.

– elaborar contratos, documentos administrativos, certidões, laudos, pareceres e outros documentos de informação técnico-jurídica, a fim de fornecer suporte aos magistrados, superiores hierárquicos, órgãos julgadores, fiscalizadores, auditores e de correições do Tribunal de Justiça;

Outra atribuição é elaborar documentos que exigem conhecimento jurídico, como contratos, certidões, laudos, pareces etc.

Esses documentos serão utilizados para dar suporte jurídico a magistrados e também para órgãos administrativos do tribunal. 

– pesquisar, selecionar, analisar, catalogar, indexar e divulgar regulamentos, acórdãos, legislação, doutrina e jurisprudência;

Outra atividade é fazer pesquisa de legislação, doutrina e jurisprudência.

E é exatamente isso que eu faço lá no TJMG!

Algum juiz ou desembargador precisa saber qual é o entendimento das Câmaras do TJMG, de outros tribunais estaduais e federais, ou do STF e STJ sobre determinado assunto.

Aí ele faz o pedido lá no meu setor e a gente faz essa pesquisa e depois entrega um relatório.

Da mesma forma, eles também podem pedir pra gente pesquisar o entendimento que prevalece na doutrina sobre um assunto.

Por fim, também pedem pra fazer um levantamento sobre a legislação pertinente a alguma questão jurídica que está sendo debatida no processo.

E como é o meu dia a dia lá no setor? Na maior parte do tempo, eu fico pesquisando e lendo jurisprudência, doutrina e legislação.

Às vezes também chegam algumas demandas que exigem que eu elabore um parecer jurídico sobre determinada questão.

Enfim, é muita pesquisa, leitura e, às vezes, também preciso escrever.

– substituir a chefia no seu impedimento ou afastamento, quando indicado pelo superior hierárquico;

Em cada setor tem um coordenador e um gerente.

E, quando eles precisam se afastar do trabalho temporariamente, seja por férias ou alguma licença, eles precisam ser substituídos por algum servidor.

Então faz parte das atribuições de um Analista ter que substituir um superior durante determinado período.

Mas a boa notícia é que você vai receber um aumento proporcional na sua remuneração em razão dessa substituição.

– participar de comissões e grupos de trabalho, quando designado;

Lá no TJMG você também pode ter que participar de comissões e grupos de trabalhos que são criados com finalidades específicas.

Como exemplo, temos a famosas comissões organizadoras de concursos públicos.

– realizar viagens para executar inspeção técnica, orientação e fiscalização em secretarias de juízo, em serviços auxiliares da direção do foro e serviços de tabelionato e de registro do Estado de Minas Gerais;

Aqui temos uma atribuição que nem todo mundo gosta: realizar viagens periódicas para as comarcas do interior do estado.

Essas viagens são para fazer inspeção técnica, orientação ou fiscalização nos fóruns ou nos Cartórios Extrajudiciais.

Então você vai lá pra ver se o serviço tá funcionando direito ou se existe alguma irregularidade.

Pra fazer essas viagens, você recebe diárias que ajudam a pagar os custos com hospedagem e alimentação, e ainda costuma sobrar uma graninha que você pode usar como quiser.

Além disso, você também tem direito a ir com um motorista e um carro do tribunal.

– executar outras atividades identificadas pelo superior hierárquico,
relacionadas com a atividade-fim, inclusive no que concerne ao processo judicial eletrônico, em suas variadas formas.

Pra fechar, essa atribuição mostra você pode ter que realizar outras atividades que forem solicitadas pelo seu superior e sejam relacionadas à prestação jurisdicional.

Ou seja: o rol de atribuições previsto na Resolução n. 953/2020 não é taxativo.

Agora que você já sabe o que faz um Analista Judiciário do TJMG, você pode tá pensando:

“Ah Guilherme, eu não sei fazer nada disso! Eu não vou dar conta do serviço!” 

Nesse caso, eu te digo: calma!

Você não precisa se preocupar com isso agora porque lá no TJMG você vai passar por um treinamento em que alguém vai te ensinar as atribuições que você vai exercer lá no seu setor, beleza?

Pronto! Você já sabe o que faz um Analista Judiciário lá no TJMG.

Agora eu vou falar pra você quais são as vantagens e desvantagens desse cargo.

Vantagens do cargo

Vamos lá! Vou começar falando das vantagens.

Na minha opinião são as seguintes:

– Você não tem as mesmas responsabilidades de um juiz ou desembargador;

Você vai atuar nos bastidores, dando suporte aos juízes e desembargadores, que ficam lá na linha de frente, julgando os processos.

Por isso, você não vai ter as mesmas cobranças responsabilidades que os magistrados.

E também não vai ter que fazer hora extra, nem levar serviço e preocupação pra casa.

Acabou seu expediente? Você vai embora e esquece do trabalho.

– A carreira é boa no médio a longo prazo

Apesar de o salário inicial ser relativamente baixo, quando comparado ao da justiça federal, a carreira é boa!

Assim, no médio a longo prazo, com as promoções, progressões e adicional de desempenho, seu salário vai aumentar de forma considerável.

-Tem muitos benefícios

Além do salário, você tem muitos benefícios como auxílio-saúde, auxílio-creche, vale lanche etc..

Para saber mais sobre remuneração e benefícios, veja este vídeo:

– Jornada de 6 horas diárias

Na minha opinião, essa é uma das maiores vantagens do cargo.

Como a jornada é de 6 horas diárias, você só trabalha de manhã (das 07 às 13h) ou de tarde (das 12 às 18 h).

E aí você tem o resto do tempo livre para estudar pra outros concursos melhores ou fazer qualquer outra atividade que você goste (ficar com a família, praticar esportes, curtir algum hobby etc…)

– Possibilidade de trabalhar em BH

Hoje a maior parte dos Analistas trabalha na segunda instância e os prédios ficam em BH, o que é uma vantagem pra quem quer trabalhar na capital.

– Possibilidade de atuar em home-office

Antes da pandemia, era bem difícil conseguir trabalhar em casa, mas agora o tribunal vai regulamentar o teletrabalho e a tendência para os próximos anos é aumentar o número de servidores em home-office.

No meu caso, em razão da pandemia, já estou trabalhando em casa há mais de um ano só vou no presencial uma vez por semana.

Aí eu trabalho de bermuda e chinelo e o dia que tenho que ir lá no tribunal tenho até dificuldade pra encontrar alguma roupa de trabalho.

– Possibilidade de viajar e receber diárias

Se você tem disponibilidade para viajar, você tem a vantagem de que vai receber diárias que vão aumentar seu salário e ajudar as pagar suas contas no final do mês;

– Possibilidade de substituir o chefe temporariamente

Outra forma de aumentar seu salário é por meio das substituições.

Ao ficar no seu lugar do seu chefe durantes as férias ou alguma licença que ele tirou, você vai receber um acréscimo proporcional na sua remuneração

– Possibilidade de conseguir um cargo de chefia ou assessoria

Além disso, você também pode conseguir se tornar coordenador ou gerente de forma definitiva.

Outra opção é conseguir um cargo de assessoria em algum gabinete de juiz ou desembargador.

Nesses casos, você vai receber o salário correspondente ao PJ 69 ou PJ 77, que hoje estão em R$ 11.108,12 e R$ 14.353,25, respectivamente.

Desvantagens do cargo

Mas nem tudo são flores!

E agora vou falar pra você das desvantagens do cargo.

Vamos lá!

– Salário inicial relativamente baixo

Se você comparar com o que um Analista Judiciário recebe na justiça federal (TRTs, TREs e TRFs), você vai achar que o salário inicial do TJMG é baixo.

Mas, como eu disse, a carreira é boa e você tem reajustes consideráveis ao longo do tempo.

– Dificuldade pra ser lotado no interior do estado

Hoje a maioria dos Analistas trabalha em BH.

Por isso, se você for do interior de MG e quiser trabalhar na sua cidade, você pode ter problemas.

Você pode ter que trabalhar com fiscalização/correição

Caso você seja lotado na Corregedoria do TJMG, você vai ter que exercer atribuições de fiscalização ou correição.

E como funciona esse serviço?

Na prática, você viajar para o interior e vai no fórum ou em algum Cartório Extrajudicial pra verificar se o serviço tá sendo prestado corretamente e se tá tendo algum tipo de irregularidade.

E aí você pode acabar se envolvendo em situações mais complicadas porque ninguém gosta de ser cobrado e fiscalizado.

– Necessidade de viajar

Se você não tem disponibilidade pra viajar, essa é uma desvantagem, porque você pode ter que realizar viagens periódicas, caso seja lotado na Corregedoria.

E aí você vai ter que passar alguns dias da semana fora de casa.

No meu caso, por exemplo, não queria viajar porque tenho dois filhos pequenos.

Então eu tive que pedir pra não ser lotado na Corregedoria pra não ter que viajar.

Mas, qualquer dia pode ser que eu seja transferido pra lá e tenha que viajar.

Então esteja ciente dessa possibilidade.

Vale a pena ser Analista Judiciário no TJMG?

O cargo de Analista Judiciário do TJMG, assim como qualquer outro, tem suas vantagens e desvantagens.

Mas, o que eu posso te dizer, é que eu gosto de ser Analista Judiciário lá no TJMG e nem penso mais em prestar outro concurso.

E acredito que você também pode gostar muito de exercer esse cargo lá no tribunal, se você tiver perfil para exercer as atribuições que eu mencionei neste artigo.

Enfim, na minha opinião, vale a pena ser Analista Judiciário do TJMG por causa das atribuições, estabilidade, carreira, benefícios e qualidade de vida.

E se você decidir prestar concurso para Analista Judiciário do TJMG, você pode contar comigo pra ajudar você a conseguir a sua aprovação.

Em breve, espero que você seja meu colega e que a gente sente pra tomar um café juntos!

Um abraço, tamo junto, e até a próxima!

Vídeo: o que faz um Analista Judiciário do TJMG?

Você ficou com alguma dúvida?

Se você leu todo o artigo e ainda assim ficou com alguma dúvida, você pode falar diretamente comigo no meu Instagram.

É só você seguir meu perfil (@guilhermemachadoqpc) e me enviar um direct.

Vai ser um prazer falar com você e vou responder com a maior brevidade possível!

Faça Parte da Minha Lista VIP (100% Gratuita)

Ao fazer parte da minha Lista VIP você vai receber, em primeira mão, diretamente no seu e-mail, os maiores cupons de desconto nos melhores cursos para concurso.

Para entrar na lista VIP, que é 100% gratuita, basta você inserir seu nome e e-mail nos campos abaixo e clicar no botão verde:

Receba Cupons de Desconto

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber cupons de desconto dos melhores cursos online para concurso.

Fique tranquilo, este serviço é gratuito e seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Pronto! Agora é só abrir seu e-mail e procurar pela minha mensagem, em nome de Guilherme Machado.

Em alguns minutos você já vai receber seu primeiro cupom (válido hoje).

Entre Para o Meu Grupo VIP no Telegram (100% Gratuito)

Todos os dias você deve receber muitos e-mails.

E pode ser que você não veja a minha mensagem no meio de tantas outras e acabe perdendo algum cupom de desconto.

Pra garantir que você vai receber todos os cupons, também te convido a fazer parte do meu Grupo VIP no Telegram (100% gratuito):

Quero fazer parte do Grupo VIP no Telegram!

Nesse grupo disponibilizo todos os cupons que consigo para quem faz parte da minha Lista VIP, e também alguns exclusivos pra quem tá no Telegram.

Você pode me ajudar?

Se este artigo ajudou você de alguma forma, peço que você também me ajude.

E você pode fazer isso de uma forma simples e rápida.

Basta você fazer sua inscrição no meu canal no Youtube e seguir meu perfil no Instagram.

Ao fazer isso você já vai me ajudar muito! Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *