Reforma Administrativa Avança no Congresso: E Agora, Concurseiro?

Depois de passar meses parada, a Reforma Administrativa começou a avançar no Congresso Nacional e está sendo tratada como prioridade pelos novos Presidentes da Câmara e do Senado.

Com isso, tem grandes chances de ser aprovada no decorrer de 2021.

E, caso seja aprovada nos termos em que foi proposta, vai acabar com a estabilidade de boa parte dos novos servidores públicos.

Nesse cenário, tem muito concurseiro desesperado e sem saber o que fazer.

Se você também está nessa situação, neste artigo vou mostrar que, daqui pra frente, você só tem 3 caminhos a seguir.

E você precisa escolher um deles rapidamente.

Desde já, te adianto que se eu tivesse estudando hoje, ia escolher o segundo caminho.

Então se você tá estudando pra concurso e tá preocupado com a Reforma Administrativa, é importante que você leia este artigo até o final.

Agora chega de conversa e vamos começar!

Reforma Administrativa avança no Congresso: e agora, concurseiro?

reforma administrativa concursos

Opa! Beleza?

Se você ainda não me conhece meu nome é Guilherme Machado.

Sou servidor público, autor aqui do Blog QPC e também tenho um canal no Youtube sobre concursos públicos.

E já vou direto ao ponto, sem enrolação.

É o seguinte…

Na minha opinião, daqui pra frente você só tem 3 caminhos a seguir.

Quais são eles? Vamos lá…

Caminho 1 – Desistir de estudar pra concurso

Este é o caminho mais fácil, mas também é o pior deles.

Aqui você vai desistir por causa de uma Reforma Administrativa que ainda está em tramitação e você nem sabe qual o texto final que vai ser aprovado.

Então você vai abrir mão de um sonho com base em um possível fim da estabilidade, que pode ou não se concretizar.

E eu te pergunto: se você realmente desistir, o que te espera do outro lado?

A iniciativa privada, com todos os problemas que você já conhece, como desemprego ou desvalorização profissional.

É isso que você quer?

Então vá em frente.

Mas te faço um alerta: se você desistir, você vai perder várias oportunidades de prestar concursos que já estão saindo e ainda vão sair em 2021.

E vai jogar no lixo as chances de passar em um concurso até mesmo antes da aprovação da Reforma.

Por isso, acredito que é melhor você seguir pelo caminho 2 ou 3.

Caminho 2: Mudar o foco, ainda que temporariamente

Sempre defendi a ideia de que você deve escolher uma área de estudo e ter foco nessa área até passar.

Mas, se hoje você tá estudando para uma área que pode ser afetada diretamente pela Reforma Administrativa, entendo que seria uma boa idea você mudar o foco, ainda que temporariamente.

Aí você estudaria para concursos que envolvem cargos que devem ser considerados carreiras típicas de Estado e vão continuar com a estabilidade, mesmo com a aprovação da Reforma nos termos em que foi proposta.

Exemplo: hoje você estuda pra área de Tribunais e tá achando que os cargos de Técnico e Analista podem perder a estabilidade por causa da Reforma.

Então seria uma boa escolha você mudar o foco, ainda que temporariamente, e estudar para concursos de outras áreas, que envolvem carreiras típicas de Estado.

Você poderia, por exemplo, estudar para concursos de área policial, que não deve ser atingida pela Reforma e ainda vai ter muitos concursos em 2021

Assim, você estuda despreocupado e ainda aproveita as várias oportunidades que vão surgir no decorrer deste ano.

Aí, depois que a Reforma for aprovada, você senta, analisa as mudanças e decide em qual área você vai focar.

E te digo com toda sinceridade: se eu tivesse estudando pra concursos hoje, é isso que eu faria!

Não tenho dúvidas de que escolheria o caminho 2 até a Reforma ser aprovada.

Caminho 3: Continuar focado na sua área

Neste terceiro caminho você continua estudando com foco na sua área, mesmo sabendo que ela pode ser impactada pela Reforma Administrativa.

Essa também é uma boa decisão, mas que envolve riscos, caso você esteja estudando para uma área que pode ser afetada diretamente pelas mudanças.

Nesse caso, o cargo que você tá buscando pode perder a estabilidade e você vai acabar ficando frustrado e desanimado.

Talvez, você até mesmo pense em desistir de estudar para concursos.

E agora? Qual o melhor caminho?

reforma administrativa melhor escolha

Na minha opinião, esses são os 3 caminhos que estão diante de você neste momento.

E você precisa escolher um deles.

Mas qual é a melhor escolha?

Eu penso que você deve decidir o que é melhor pra sua vida com base na sua realidade.

Porque o que é melhor pra mim, pode não ser o melhor pra você.

Mas o que eu posso te dizer é que, se eu tivesse estudando pra concursos hoje, iria escolher o caminho 2.

Mesmo não sendo a área dos meus sonhos, ia mudar meu foco, temporariamente, para a área policial.

Assim iria conseguir estudar tranquilo, sabendo que teria estabilidade no cargo mesmo com a aprovação da Reforma.

E ainda iria aproveitar as oportunidades e prestar os vários concursos policiais que vão sair em 2021.

Depois da aprovação da Reforma, aí sim eu ia sentar, analisar as mudanças que foram aprovadas e tomar uma decisão sobre qual área seguir com base um cenário concreto.

Então agora você senta aí e faz uma avaliação da sua realidade e decide qual o melhor caminho pra você seguir.

O que não pode acontecer é você ficar parado, sem saber o que fazer.   Você não pode deixar essa Reforma te paralisar.

Você não deve ficar o dia todo conversando sobre isso em redes sociais ou procurando notícia na internet, porque isso vai tirar seu foco, concentração e motivação nos estudos.

Para evitar que isso aconteça, é fundamental que você tome uma decisão rápida sobre qual caminho vai seguir daqui pra frente.

E, depois que decidir, você deve se concentrar somente no seu objetivo e esquecer dessa Reforma.

Por fim, quero te dizer que acredito que, mesmo sem estabilidade, o serviço público ainda vai ser mais vantajoso que a iniciativa privada.

E todo o seu esforço vai valer a pena, caso você decida seguir em frente.

Vou ficando por aqui.

Um abraço e tamo junto!

Guilherme Machado

Vídeo: Reforma Administra avança! E agora, concurseiro?

6 Comentários


  1. Olá Guilherme, eu tenho algumas cirurgias que sao eliminatorias para areas policiais quais cargos administrativos vc indicaria?

    Responder

    1. Olá, Bruno! Beleza?

      O problema dos cargos administrativos é que eles podem não ser considerados carreiras típicas de estado e aí perderiam a estabilidade.

      Mas você não precisa escolher a área policial. Também há outras áreas que não devem ser afetadas pela Reforma como carreiras jurídicas (juiz, promotor, defensor, procurador etc..) e também fiscal.

      Abraço e tamo junto!

      Guilherme Machado

      Responder

  2. Obrigada, Guilherme pelo seu ponto de vista!
    Acredito que sempre que nos deparamos com grandes dúvidas profissionais, se faz necessário decidir se continuaremos com a mesma tática ou na mesma carreira.
    Mas, penso, que o serviço público sempre será o alvo dos maus políticos, que querem acabar não apenas com a estabilidade mas com privilégios que os mesmos julgam que temos. No mais, sou professora municipal, e servidora pública e digo, que é uma luta incessante por reconhecido e em não perder o que alguns chamam de “benefícios”, e eu chamo de resultado de luta e de conquista, juntamente com os sindicatos.
    Enfim, que este momento nos sirva de reflexão para fazermos melhores escolhas políticas, não acomodarmos quando as coisas estiverem ruins e em não demonizarmos os sindicatos – que em grande parte de suas reinvindicações tem respaldos justos ou até prezando pelo bem- estar psíquico e mental dos trabalhadores servidores que lidam com um bem público.

    Responder

    1. Olá, Renata!

      Eu que agradeço pelo seu comentário que foi muito pertinente e bem colocado.

      Concordo com você que o serviço público sempre será alvo dos maus políticos e só nos resta continuar lutando para manter direitos que foram conquistados após anos de luta.

      No seu caso, essa luta é ainda mais difícil, porque penso que vocês professores, de uma forma geral, são extremamente desvalorizados e mereciam ter as melhores remuneração do serviço público.

      Abraço e tamo junto!

      Guilherme Machado

      Responder

  3. Concordo com você, a opção 2 seria a mais viável, porém, nas carreiras policiais por exemplo, o sujeito necessita ter um determinado perfil , e uma saúde de ferro (Já fui eliminado por miopia). O restante acredito seriam os concursos jurídicos e fiscais que são outro patamar de prova.

    Responder

    1. Olá, Ricardo! Beleza?

      Concordo com você que é necessário ter perfil para a área policial.

      Mas também há outras que não devem ser afetadas pela Reforma, como é o caso das carreiras jurídicas e fiscais que você bem lembrou.

      Também seriam boas alternativas.

      Abraço e tamo junto!

      Guilherme Machado

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *